Bem Vindo!

Bem Vindo!
Esse Blog começou a partir de trocas de emails cada vez mais frequentes com pacientes e amigos sobre dicas de beleza. Além disso, como adoooro assuntos belezísticos, o Blog é uma forma de extravasar isso. Bom, juntando a fome com a vontade de comer nasceu o Fricotes e Tricotes, um espaço aberto para trocarmos figurinhas. Um Blog feito para mulheres descoladas, fashions, dona de casa, esposas, mamães, princesas... Como conseguimos ser tudo isso?!

Entre e fique a vontade!
Abraços, Patricia Paturle

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Manchas nas virilhas e axilas

Dúvidas de leitoras


Oi Patrícia, tudo bem? Estou adorando o blog e gostaria muito de tirar uma dúvida, olha só, tenho a região da virilha muito escura, e sou morena, mas atualmente estou branca pq parei de tomar sol...acho q minhas manchas não são derivadas de depilação, são da minha pele mesmo...qual seria a solução ideal para clarear minhas manchas?? Seria um creme a base de hidroquinona?? Meu sonho é ficar com a pele dessa região clarinha e colocar biquini sem ter vergonha...help me!!!! Hahahah Beijos Fernanda

O assunto é...
            ...manchas nas virilhas e axilas!


Final de ano! UAU! Combina com réveillon, que combina com férias, que combina com sol, que combina com praia e biquini, que definitivamente não combinam com manchas nas virilhas e axilas! Até então elas estavam escondidinhas, mas chegou a hora de libertá-las! E agora?!

As hipercromias, vulgo manchas escuras, são extremamente comuns nas axilas e virilhas, mas nem por isso deixam de ser um incômodo! 





Por que elas escurecem?

Basicamente por três motivos:
- Por uma predisposição genética. Algumas mulheres, principalmente as mais morenas tem uma maior tendência a pigmentar a pele.
- Por uma questão hormonal. A pele na virilha, principalmente na região urogenital torna-se mais escura após a puberdade, durante a gravidez e amamentação.
- Por causa de qualquer trauma ou atrito na região. Aqui é aonde podemos interferir prevenindo as manchas!!!


Como prevenir?

01)  Reduzir ou eliminar o trauma das depilações freqüentes

Depilar traumatiza a pele. Quanto mais freqüente elas forem pior! É muito comum após a retirada dos pêlos com lâmina ou cera a pele ficar irritada e vermelha (inflamada). Essa inflamação estimula a produção de melanina na região, o que significa manchas escuras. Quanto mais frequente ou quanto mais intenso for essa inflamação, mais manchas!

O ideal seria a redução definitiva dos pêlos com a depilação a laser. Outra vantagem desse método para clarear a pele é acabar com os pêlos encravados e com a sombra que os pêlos fazem por baixo da pele. É um mega conforto! Entretanto, cuidado! Escolha a dedo o profissional para fazer isso, pois além da eficácia ser extremamente variável, o laser é invasivo e pode provocar queimaduras e manchar ainda mais a pele.

Caso a opção seja pelos métodos tradicionais procure alternar a cera com a lâmina de raspar. Passe um creme calmante após a depilação (cremes com ação antiinflamatória: peça ajuda ao seu dermato para a melhor indicação).
Evite sempre atividades físicas pesadas logo após a depilação, pois o atrito e o suor aumentam ainda mais a irritação em uma pele já sensibilizada.

Existem substâncias que podem ser aplicadas para inibir o crescimento dos pêlos e prolongar o intervalo entre as depilações. Esses produtos retardam o processo natural do crescimento dos pêlos e com o uso frequente, enfraquecem a sua estrutura. É importante salientar que este é um processo complementar às depilações que retiram o pêlo da raiz, e que não resulta, pela sua aplicação, numa depilação definitiva. Ou seja, se interromper a aplicação, os pêlos voltam a ser o que eram.

02)  Diminuir o atrito na região - roçar da pele com pele

As axilas e virilhas são áreas de dobras, dessa forma o próprio movimento do corpo faz um atrito de pele com pele, principalmente nas cheinhas. Nesses casos vale a pena proteger a pele. Isso pode ser feito com roupas, como bermudinhas leves por baixo da saia ou vestido, ou com pomadas protetoras de barreira (estilo pomadinha de bumbum de neném). Evite tecidos pesados e muito justos como calça jeans, principalmente nos dias quentes.
Para quem está acima do peso, emagrecer ajuda muito! Mais um motivo para aumentar a força de vontade!
Para quem faz atividades físicas mais pesadas, como corrida, aplicar as pomadas de barreira antes é uma boa opção.


03)  Não CUTUCAR!

Resista bravamente tentar remover os pelinhos encravados com a pinça. Isso só piora a situação!!!!! Delicadamente pode-se usar cremes esfoliantes 1 vez por semana. Isso pode ajudar um pouco a prevenir os pêlos encravados. REPETINDO: D E L I C A D A M E N T E. Fazer isso de forma vigorosa, ou pior com buchas abrasivas só piora o problema. O excesso causa mais inflamação, e por consequencia, mais manchas! Para quem tem esse tipo de problema vale muito o investimento em uma depilação a laser com um bom profissional.


04)  Use produtos neutros e sem álcool

Muitas vezes os corantes e perfumes dos desodorantes ou dos hidratantes corporais irritam a região.


05) Use e abuse do protetor solar

Por fim, escondam as manchas do sol. A exposição aos raios UV escurecem ainda mais qualquer tipo de mancha.


Se já manchou...

As medidas preventivas são essenciais! Por mais que o resultado do tratamento para clarear seja eficaz, se não houver prevenção, elas voltam!
Existem diversos clareadores no mercado. Os cremes com hidroquinona são os mais eficazes. A hidroquinona pode ser usada isoladamente ou em associação com ácidos, o que aumenta a sua potencia como clareadora. Entretanto, nem sempre o creme mais potente vai dar o melhor resultado. Isso porque todos os clareadores podem causar irritação na pele. Se o clareador machucar a pele, ou seja, deixar a pele irritada e vermelha, as manchas pioram. Por isso é importante que os tratamentos sejam individualizados, respeitando a tolerância da pele de cada pessoa. Realmente a consulta com o dermatologista é fundamental.
Além dos cremes podem ser associados peelings superficiais e o laser.
Independente do tratamento indicado á preciso de tempo para ver os resultados. Os primeiros resultados podem ser visíveis a partir de 30 dias, e tornam-se mais evidentes após cerca de 90 dias. Nesses casos a pressa é inimiga da perfeição, pois tratamentos agressivos podem piorar as manchas.

Por último, se não der tempo de tratar, disfarce! Use maquiagem a prova d’água, faça retoques a cada mergulho, use uma canga ou shortinho MARA e não deixe de aproveitar as coisas boas da vida!


Produtinhos que podem ser úteis

Hidratantes para passar após a depilação




Fisiogel AI: Ação antiinflamatória bom para quem fica com “pipoquinhas” vermelhas e coçando. (ver Aqui)










Lipikar Baume AP: também tem ação antiinflamatória. Ideal para peles bem ressecadas. (ver Aqui)














SaniSkin: com óleo de girassol na sua composição, possui ação cicatrizante. Para peles que ficam “machucadinhas”. (ver Aqui)










Cremes que retardam o crescimento dos pêlos


Regenerare pós depilação (Dermage): além de substâncias calmantes sua fórmula contém Epilami, que retarda o retorno dos pêlos após a depilação. Pode ser aplicado no corpo e face. (ver Aqui)










Vaniqa: a base de eflornitina, esse creme é aprovado pelo FDA para redução de pêlos da face. Estudos científicos mostram resultados promissores com o uso contínuo 2 vezes ao dia. Podem irritar a pele e não podem ser usados em grávidas. (ver Aqui e Aqui)


Nenhum comentário:

Postar um comentário